O órgão de George Pike England na Igreja de Nossa Senhora do Monte, na Ilha da Madeira

Christopher Kent

Resumo


Depois das inundações que devastaram o Funchal e outras áreas costeiras da Madeira em 1803, foram embarcados para a ilha cinco órgãos da firma Flight and Robson de Londres. Destes instrumentos, quatro subsistem hoje nas igrejas de Câmara de Lobos, Porto da Cruz, São Vicente e São Pedro, Funchal. Em 1814, o organeiro londrino George Pike England (c.1765-­1816), que antes construíra um órgão para a capela da Embaixada Portuguesa em Londres (1808), forneceu um instrumento para a nova galeria Oeste da Igreja de Nossa Senhora do Monte. Foi provavelmente o seu último trabalho, subsistindo mais íntegro que outros exemplares no Reino Unido. Trata-se de um instrumento com um teclado manual e oito registos, que necessita de reparação e restauro conscienciosos. Este artigo tem origem num exame feito em Janeiro de 1996.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Copyright (c) 2018 Revista Portuguesa de Musicologia

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.