Chinese Musical Instruments Within and Beyond Museum Display: The Case of the Museum of Macau in Lisbon

Enio de Souza

Resumo


O Centro Científico e Cultural de Macau (CCCM) em Lisboa é uma instituição pública sob a alçada do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O museu associado a este centro destina-se a apresentar a história e cultura de Macau a públicos fora da República Popular da China, possuindo uma colecção permanente que abrange um período de cerca de 7000 anos de história da arte chinesa e de Macau. O museu integra uma das colecções mais completas de instrumentos musicais chineses da Península Ibérica. Esta colecção única é usada como elemento expositivo e, para além dessa função, é parte integrante dos workshops de instrumentos musicais, como exemplo paradigmático da ideia inovadora de ‘object handling in heritage context’ (Chatterjee 2008). Desde a sua fundação (1999), o Centro Científico e Cultural de Macau em Lisboa tem vindo a organizar diversas actividades académicas e educativas, cujo principal foco tem permanecido a promoção da mútua compreensão entre Ásia e Europa, nomeadamente através da organização dos ‘workshops de instrumentos chineses’. A música foi escolhida pelo departamento de educação do museu do CCCM por ser um dos mais importantes marcadores da identidade de um grupo, assim como uma das formas mais estimulantes de compreender a cultura do outro e de promover o diálogo entre Ásia e Europa. 


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Copyright (c) 2018 Revista Portuguesa de Musicologia

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.



This site is jointly supported and published by the Portuguese Society for Music Research (SPIM), the Institute of Ethnomusicology–Centre for Studies in Music and Dance (INET-MD) and the Centre for the Study of Sociology and Aesthetics of Music (CESEM). INET-MD and CESEM are both based at the FCSH, Universidade Nova de Lisboa, Portugal, and funded by the FCT-Portuguese Foundation for Science and Technology.